UE segue inflexível antes de disputa política no Reino Unido

0
2024
\"\"
O negociador da União Europeia Michel Barnier descartou neste domingo qualquer renegociação do acordo de saída do Reino Unido do bloco continental, reforçando a hipótese de um Brexit difícil em 31 de outubro, antes de uma intensa disputa no cenário político britânico.
Está descartada a renegociação em seu estado atual da salvaguarda irlandesa (ou "backstop"), que o primeiro-ministro Boris Johnson deseja retirar do acordo de saída estabelecido pela antecessora Theresa May e a União Europeia. Barnier explicou numa coluna publicada no jornal Sunday Telegraph.
Esta disposição prevê que, na falta de uma solução melhor, no final de um período de transição, todo o Reino Unido permaneça em um "território aduaneiro único" com a UE.
Uma disposição inaceitável para Boris Johnson, pois isso impediria ao Reino Unido de seguir uma política comercial independente e permaneceria sujeito às regras do bloco.
"O \’backstop\’ representa a flexibilidade máxima que a UE pode oferecer a um Estado não-membro", segundo o negociador da entidade. Este dispositivo é necessário, destaca, para preservar la integridade do mercado único europeu e manter aberta a fronteira entre a Irlanda do Norte, britânica, e a República da Irlanda (membro da UE), após o Brexit.
"Não estou otimista quanto à possibilidade de evitar o cenário de \’não acordo\’", acrescenta. Segundo Barnier, apenas alternativas à salvaguarda irlandesa podem ser discutidas após a ratificação do acordo de saída, paralelamente às negociações sobre o futuro relacionamento entre Bruxelas e Londres.
–  AFP
1 de setembro de 2019
[do_widget_area inner_adsbar]

Comments are closed.