Dois ataques suicidas matam ao menos 13 pessoas em Camarões

0
1600
Reuters
Dois atentados suicidas mataram pelo menos 13 pessoas no norte de Camarões nesta quarta-feira, informou o gabinete presidencial, no que parece ser a incursão mais forte realizada por militantes do Boko Haram, da vizinha Nigéria.
A primeira explosão atingiu um mercado, e a segunda um bairro densamente povoado, ambas na capital da região camaronesa de Far North, em Maroua, disse uma fonte militar à Reuters.
Ninguém assumiu a responsabilidade pelo ataque, mas o Boko Haram intensificou os ataques contra países que fazem fronteira com sua sede no nordeste nigeriano – Chade, Níger e Camarões.
Os três países têm contribuído com tropas para uma ofensiva regional contra os militantes islâmicos que se aliaram ao Estado Islâmico e representam uma das maiores ameaças à segurança na região.
"As pessoas corriam em todas as direções", disse Celestin, um professor, acrescentando que tinha acabado de chegar ao mercado central da cidade quando a primeira bomba explodiu.
Um comunicado do gabinete do presidente Paul Biya informou que 13 pessoas foram mortas no ataque. O canal de televisão estatal de Camarões CRTV disse que 17 pessoas morreram, segundo o governador da região.
As explosões ocorreram 10 dias após dois ataques suicidas matarem 13 pessoas em Fotokol, cerca de 300 km ao norte de Maroua.
[do_widget_area inner_adsbar]

Comments are closed.