Estado Islâmico assume responsabilidade por explosões em Bagdá que mataram 31

0
1491
O Estado Islâmico assumiu responsabilidade por um ataque com bombas que matou 31 pessoas neste domingo no distrito xiita de Sadr City em Bagdá.
Em comunicado circulado online, o Estado Islâmico disse que dois homens-bomba foram responsáveis pelo ataque, matando e ferindo "centenas de rejeicionistas politeísticas", expressão que o grupo sunita de linha-dura usa para se referir a muçulmanos xiitas.
REUTERS
domingo, 28 de fevereiro de 2016
[do_widget_area inner_adsbar]

Comments are closed.