Ex-chanceler de Saddam, Tariq Aziz morre na prisão aos 79 anos

0
234
Reuters
Tariq Aziz, que foi ministro das Relações Exteriores do Iraque durante o governo de Saddam Hussein, morreu na prisão aos 79 anos, afirmaram autoridades iraquianas nesta sexta-feira.
Aziz se rendeu durante a invasão dos Estados Unidos que derrubou Saddam em 2003. Ele foi condenado à morte sete anos depois pela perseguição a partidos islâmicos na era Saddam. Há muito tempo ele se queixava de má saúde.
O doutor Saadi al-Majid, chefe do departamento de saúde do governo de Dhi Qar, onde Aziz estava detido, confirmou a morte do ex-ministro.
"Tariq Aziz chegou ao Hospital Educacional Al-Nasiriya vitimado por um ataque cardíaco grave. Ele tinha problemas cardíacos, que levaram à sua morte às 15h (9h no horário de Brasília)".
O governador de Dhi Qar, Yahya al-Nasiri, disse que o corpo será entregue aos parentes de Aziz no Iraque "assim que nossos procedimentos e investigações de rotina forem concluídos".
Zaid, filho de Aziz, declarou à Reuters de Amã que a esposa de Aziz o visitou na prisão na quinta-feira e que pediu às autoridades prisionais que o levassem ao hospital. Zaid afirmou que a prisão recusou o pedido, embora não tenha sido possível confirmar o caso de forma independente.
Aziz, que falava inglês fluentemente, teve uma atuação diplomática de destaque nos acontecimentos que antecederam a Guerra do Golfo de 1991, quando uma coalizão liderada pelos EUA expulsou forças iraquianas do Kuweit, assim como nas longas desavenças a respeito das inspeções de armas da Organização das Nações Unidas (ONU) nos anos seguintes.

Leave a reply

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close