EUA pedem a Europa e FMI que cheguem a acordo para manter Grécia na zona euro

0
212
Reuters
Autoridades norte-americanas se movimentaram no fim de semana para tentar ajudar a resolver os problemas financeiros da Grécia, pedindo à Europa e ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para chegarem a um plano de recuperação que mantenha o país na zona do euro.
Em uma série de telefonemas separados no sábado para a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, e para os ministros das Finanças da Alemanha e da França, o secretário do Tesouro, Jack Lew, fez um apelo para encontrassem "uma solução sustentável que coloque a Grécia em um caminho em direção à reforma e recuperação na zona euro", de acordo com um comunicado do Departamento do Tesouro divulgado neste domingo.
Lew destacou ser "importante para todas as partes que continuem trabalhando para chegar a uma solução, incluindo uma discussão sobre um potencial alívio da dívida para a Grécia", na corrida para um planejado referendo na Grécia em 5 de julho sobre os termos do resgate ao país.
A Grécia está vendo esgotar o prazo final de terça-feira para o pagamento de 1,6 bilhão de euros devidos ao FMI. Mais cedo neste domingo, a Grécia anunciou que irá impor controles de capital e manter seus bancos fechados na segunda-feira, após credores internacionais terem se recusado a estender o resgate ao país.
Lew também ressaltou a necessidade de a Grécia adotar "medidas difíceis para chegar a um compromisso pragmático com os seus credores", conforme comunicado do Tesouro.
Um porta-voz do Tesouro afirmou que funcionários seniores do departamento também têm travado comunicação regulador com a Grécia e que Lew falou com o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, "várias vezes" ao longo das últimas duas semanas.
O departamento urgiu a Grécia a trabalhar em estreita colaboração com seus parceiros internacionais sobre o planejamento para um feriado bancário e controles de capital, disse o porta-voz.
O presidente Barack Obama falou com a chanceler alemã, Angela Merkel, neste domingo sobre a situação grega.
"Os dois líderes concordaram que era extremamente importante fazer todos os esforços para retornar a um caminho que permita à Grécia retomar as reformas e o crescimento na zona euro", disse um comunicado da Casa Branca.
"Os líderes afirmaram que suas respectivas equipes econômicas estão monitorando cuidadosamente a situação e permanecerão em estreito contato."
REUTERS

Leave a reply

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close