UE segue inflexível antes de disputa política no Reino Unido

0
134
\"\"
O negociador da União Europeia Michel Barnier descartou neste domingo qualquer renegociação do acordo de saída do Reino Unido do bloco continental, reforçando a hipótese de um Brexit difícil em 31 de outubro, antes de uma intensa disputa no cenário político britânico.
Está descartada a renegociação em seu estado atual da salvaguarda irlandesa (ou "backstop"), que o primeiro-ministro Boris Johnson deseja retirar do acordo de saída estabelecido pela antecessora Theresa May e a União Europeia. Barnier explicou numa coluna publicada no jornal Sunday Telegraph.
Esta disposição prevê que, na falta de uma solução melhor, no final de um período de transição, todo o Reino Unido permaneça em um "território aduaneiro único" com a UE.
Uma disposição inaceitável para Boris Johnson, pois isso impediria ao Reino Unido de seguir uma política comercial independente e permaneceria sujeito às regras do bloco.
"O \’backstop\’ representa a flexibilidade máxima que a UE pode oferecer a um Estado não-membro", segundo o negociador da entidade. Este dispositivo é necessário, destaca, para preservar la integridade do mercado único europeu e manter aberta a fronteira entre a Irlanda do Norte, britânica, e a República da Irlanda (membro da UE), após o Brexit.
"Não estou otimista quanto à possibilidade de evitar o cenário de \’não acordo\’", acrescenta. Segundo Barnier, apenas alternativas à salvaguarda irlandesa podem ser discutidas após a ratificação do acordo de saída, paralelamente às negociações sobre o futuro relacionamento entre Bruxelas e Londres.
–  AFP
1 de setembro de 2019

Leave a reply

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close